“Terríveis Jagas de Cabo Ledo” vencem Competição de Surf do SSW’18

“Terríveis Jagas de Cabo Ledo” vencem Competição de Surf do SSW’18

- EmDiversos
0

Os “Terríveis Jagas de Cabo Ledo” venceram a sexta edição do SSW (Social Surf Weekend), que teve lugar de 19 a 21 de Outubro, na Praia dos Surfistas, em Cabo Ledo, sagrando-se tetracampeões da competição de surf by XXL energy, do maior festival de Cultura do Surf em Angola. A equipa local recuperou assim o título perdido o ano passado, ficando à frente dos “Terríveis da Onda”, dos “4 Mais do Surf” e do “Projecto Social Cabo Ledo”, classificados nesta ordem de citação, respectivamente.

Com o apoio institucional do Ministério do Turismo e do Polo de Desenvolvimento Turístico de Cabo Ledo, patrocinado pela Nocal e organizado pelo Social Team Angola, o Social Surf Weekend bateu novo recorde reunindo mais de quatro mil aventureiros em Cabo Ledo, para um fim-de-semana dedicado à espiritualidade, ecologia e “SurfCulture”. Ao comando da speaker Bruna Sousa, para além da competição de surf, os festivaleiros puderam desfrutar de boa música à volta da fogueira, performances de DJs nacionais e internacionais, workshops, sessões de meditação, aulas de yoga e um enorme espaço de acampamento que foi preenchido com muita cor, diversidade e animação pelos festivaleiros.

Desde a primeira edição, em 2013, que o SSW tem vindo a somar milhares de festivaleiros de várias nacionalidades e pontos do país, contribuindo de forma activa não só para a promoção do turismo Nacional, sobretudo no Pólo de Desenvolvimento Turístico de Cabo Ledo, mas também para a progressão do surf em Angola, dando a conhecer a modalidade e atraindo novos talentos nacionais e internacionais às praias angolanas. Foi assim que nasceram os “Terríveis Jagas de Cabo Ledo”, um grupo de jovens locais que tomava conta da praia e descobriu o surf pela primeira vez com tábuas de madeira, aprenderam a manobrar a prancha com surfistas estrangeiros e hoje são tetracampeões do SSW.

O SSW é muito mais que um festival, é um evento familiar e a conjugação perfeita com a natureza, com a promoção do bem-estar interior e muitas actividades colectivas dedicadas ao desporto, onde as experiências se multiplicam. A ecologia é um dos pontos fulcrais do festival, por acontecer num local muito especial e sensível a cultura da preservação ambiental, e a promoção da sustentabilidade, consciência ambiental, e  preservação da natureza dentro e fora de água, incentivando à “praia Limpa” com a recolha de lixo são com certeza o maior foco das entidades envolventes.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *