Terminou o Campeonato Europeu de Jiu Jitsu com prestação positiva para atletas angolanos

Terminou o Campeonato Europeu de Jiu Jitsu com prestação positiva para atletas angolanos

- in Destaque, Jiu Jitsu
0

De 16 à 21 de Janeiro, decorreu no Pavilhão Multiusos de Odivelas, Lisboa, o campeonato Europeu de Jiu Jitsu 2018, com o selo da IBJJF. Aquele que é considerado o torneio mais competitivo da modalidade, reuniu os melhores atletas do mundo para um show de Jiu Jitsu.

Atletas consagrados como Beatriz Mesquita, Tayane Porfírio, Erberth Santos, Lucas Hulk, Keenan Cornelius, Caio Terra, Isaque Paiva, Adam Wardzinski, Tommy Langaker, Michael Langhi, Rudson Mateus, Márcio André entre muitos outros, competiram para o tão prestigiado título de campeão europeu.

Um dos grandes destaques do torneio foi sem dúvidas a disputa pela categoria absolutos dos faixa pretas, lutas muito disputadas e emocionantes para a satisfação do público presente no pavilhão. Na classe feminina, Tayane (campeã no superpesado) e Bia (campeão peso leve) encontraram-se mais uma vez na final e protagonizaram uma luta electrizante, decidida no último minuto com vitória para a atleta da Alliance.

No masculino, Lucas Hulk ficou com a medalha de ouro, depois de ir à final com Keenan Cornelius e o americano ter cedido a vitória para o seu colega de equipa. Uma decisão que deixou um gosto amargo na boca do público presente pois seria uma luta interessante de se ver.

Depois de não ter participado em 2017, Erberth Santos, o nº 1 do ranking da IBJJF, aterrou em Lisboa com o objectivo de vencer a categoria absolutos, um título que ainda não conseguiu adicionar ao seu currículo. Este objectivo foi adiado logo na primeira luta, Erberth foi surpreendido pelo norueguês Tommy Langaker, estreante na faixa preta.

Os atletas angolanos presentes na competição tiveram uma prestação satisfatória, tendo conquistado um total de 13 medalhas, nas mais variadas categorias, sendo três de ouro, duas de prata e oito de bronze. Veja abaixo a tabela de medalhas:

Carlos Moreira, conquistou também uma medalha de prata na categoria absolutos, ao perder na final com o dinamarquês Troels Sigvardt. Destaque ainda para as prestações de António Elloy Caiate e Nsango Jesus que apesar de não terem conquistado medalhas, tiveram uma prestação muito boa nas lutas que enfrentaram.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *