Kabuscorp relegado à segunda divisão por decisão da FIFA

Kabuscorp relegado à segunda divisão por decisão da FIFA

- EmDestaque, Girabola Zap
0
Bento Kangamba e Rivaldo, na apresentação do jogador brasileiro no Kabuscorp – DR

A novela Kabuscorp vs Rivaldo parece ter chegado ao fim. Num email dirigido à Federação Angolana de Futebol, o Comité Disciplinar da FIFA decretou que a equipa principal do Kabuscorp S. C. do Palanca deve ser relegada para a divisão inferior seguinte do campeonato nacional por não ter pago a quantia em dívida ao atleta Rivaldo Vitor Borba Ferreiro no prazo definido.

O Comité Disciplinar da FIFA solicita ainda à Federação Angolana de Futebol que implemente de imediato a decisão acima referida e relegue a primeira equipa do Clube Kabuscorp S. C. do Palanca para a próxima divisão inferior a partir do início da próxima época.

Pode-se ler ainda no comunicado:

Como membro da FIFA, a Associação Angolana de Futebol é responsável pela implementação da decisão do Comité Disciplinar da FIFA. Por isso, pedimos à Federação Angolana de Futebol que forneça os nossos serviços, pelo menos até 6 de Maio de 2019, a prova do rebaixamento (ou a prova de que o rebaixamento será devidamente implementado conforme a decisão acima referida), em particular a classificação das duas divisões relevantes, nas quais se pode ver que a primeira equipa do Clube Kabuscorp S. C. do Palanca foi/será rebaixada para uma divisão inferior do campeonato nacional.

Lembramos que, caso a Federação Angolana de Futebol não o faça, será aberto um processo disciplinar contra esta última para que o Comitê Disciplinar da FIFA decida uma sanção adequada contra a referida associação, que poderá levar à expulsão de todas as competições da FIFA.

Desta forma, o Kabuscorp acaba de salvar uma das equipas na zona de despromoção. Saurimo FC, Kuando Kubango FC e Sporting de Cabinda são as equipas na zona de despromoção, duas delas irão acompanhar o Kabuscorp na segundona.

Foto Pedro Parente

De realçar que em 2015, a FIFA chegou a exigir o pagamento ao atleta, pelo tempo que representou o Kabuscorp do Palanca, por 750 mil dólares, juntamente com uma multa de 23 mil dólares, sob pena de ser despromovido. Na altura a direção do clube de Luanda alegou que a ausência de Rivaldo em Angola ou de um representante tinha impedido o pagamento atempado da dívida.

Na época passada, a equipa do Palanca foi sancionada com a perca de 6 pontos no Girabola, pelo mesmo motivo.

Rivaldo jogou no FC Barcelona e foi campeão do mundo pela selecção brasileira, em 2002. Durante a época 2012/2013 jogou pelo Kabuscorp do Palanca, marcando 11 golos em 21 jogos.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.