Pró Desporto

Equipa do ano sub-21 da Pró Desporto, nas principais ligas europeias

Mais uma época findou no velho continente e mais uma vez tivemos o privilégio testemunhar o despertar de vários jovens talentos, um pouco por todo o continente. A nossa equipa decidiu fazer um 11 inicial com aqueles que achamos que foram os melhores jogadores sub-21 nas principais ligas europeias. Quando falamos das principais ligas europeias, nos referimos ao chamado Top 5: Premier League, La Liga, Bundesliga, Serie A e Ligue 1. Optamos por um 3-4-3

Leiam e digam se concordam, quem vocês tiravam, quem incluiriam… Dêem as vossas opiniões.

Guarda-Redes: Gianluigi Donnarumma

Aos 18 anos de idade, Donnarumma é considerado como o sucessor de Gianluigi Buffon na baliza da selecção italiana. O guarda-redes do AC Milan que assumiu a titularidade aos 16 anos de idade é uma das estrelas do tradicional clube italiano e tem conseguido lidar com a pressão da mídia. A sua capacidade de antecipação, jogo com os pés e juventude faz com que muitas vezes o comparem ao mítico guarda-redes italiano, Buffon estreou-se no Parma com 17 anos. Esta época disputou 36 jogos e não sofreu golos em 11 destes jogos.

 

Defesa:  Benjamin Henrichs

Henrichs tem 20 anos e é lateral direito do Bayer Leverkusen, em 2016 foi considerado como o melhor jovem jogador alemão pela Federação Alemã de Futebol.

Henrichs jogava inicialmente como médio centro, mas encontrou o seu lugar na equipa como lateral direito, uma posição que ele parece ter nascido para jogar. Forte fisicamente e muito rápido nas transições, consegue recuperar a sua posição com facilidade e o facto de ter jogado no meio campo permite-lhe estar bastante confortável com a bola no pé.

Quando o Bayer Leverkusen visitou o Tottenham em Wembley para a Liga dos Campeões, Henrichs foi eleito o melhor jogador em campo.

 

Defesa: Andreas Christensen

O defesa dinamarquês de 21 anos, é jogador do Chelsea e está emprestado ao Borussia Mönchengladbach, apesar de terminarem a época em 9º lugar, Christensen fez uma óptima época. Muito forte no jogo aéreo, ganhou 66% dos duelos em que esteve envolvido. Titular indiscutível, Christensen fez 42 jogos ao total durante esta época e marcou 4 golos.

 

Defesa: Théo Hernandez

Théo é jogador do Atlético de Madrid e este ano tem “voado” pela lateral esquerda do Alavés, por empréstimo. Aos 19 anos, o defesa francês tem tido exibições tão boas que convenceu o Real Madrid a quebrar o seu pacto de “não comprar jogadores ao Atlético de Madrid” para o assinar. Um lateral veloz e criativo, e com uma habilidade de drible incrível.

 

Médio Centro: Julian Weigl

Com 21 anos, Weigl é o maestro do meio campo do Borussia Dortmund, ele dita o ritmo de jogo e ajuda nas tarefas defensivas da equipa. A sua forma de jogar lembra muito a Toni Kroos, tem uma incrível qualidade de passe, o que lhe vale uma percentagem de 90% de passes acertados esta época na Bundesliga e o recorde de mais toques na bola em um jogo da liga alemã (216). O que lhe falta no físico, foi lhe dado no cérebro, Weigl tem uma grande capacidade de encontrar espaços abertos e procura sempre pelos seus colegas livres de marcação.

 

Médio Centro: Dele Alli

O médio de 21 anos dos Spurs é certamente um dos melhores da sua geração, venceu o prémio de melhor jovem jogador da Premier League pelo segundo ano consecutivo. O seu treinador, Maurício Pochettino, diz que “dentro da área ele parece um avançado”, e é verdade, Alli tem a capacidade de desfazer-se do seu marcador e aparecer na área sem ser notado pelo adversário. Para ser mais exacto, Alli tornou-se numa espécie de Thomas Muller. Terminou a época com 18 golos na Premier League… Ele é um médio!

 

Médio Esquerdo: Marco Asensio

Desde o primeiro jogo oficial da época que o médio espanhol de 21 anos do Real Madrid deu amostras de que esta época seria um jogador a ter em conta. Asensio marcou um golaço na Supertaça Europeia contra o Sevilla e voltou a fazer das suas logo na primeira jornada da La Liga, contra o Real Sociedad. Esta época, raramente decepcionou, procurou sempre valorizar os minutos que lhe foram concedidos com um futebol prático e esteticamente agradável.

 

Médio Direito: Christian Pulisic

Pulisic tem crescido imenso desde que deixou a Pennsylvania em 2015 para se juntar ao Borussia Dortmund. Aos 18 anos de idade, o médio americano tornou-se numa peça importante na equipa de Thomas Tuchel, falhou apenas um jogo em 2017. Foi um dos destaques da equipa no massacre ao Benfica por 4-0, em Signal Iduna Park, ao fazer uma assistência e marcar o seu primeiro golo na Liga dos Campeões. Bayer Munchen, Liverpool e Tottenham estão atentos ao jovem que esta época ajudou a equipa com 5 golos e 12 assistências em 42 jogos.

 

Avançado Esquerdo: Kylian Mbappé

Parece estúpido quando pensas nisso, mas o jovem francês de 18 anos parece um Alex Hunter da vida real. Surgiu “do nada”, usando o número 29 na camisola e apanhou o mundo todo de surpresa. O miúdo é dotado de um enorme talento, Arsene Wenger diz que o seu estilo de jogo é similar ao de Thierry Henry, o que o torna num dos mais promissores avançados da sua geração. Seus 15 golos e 8 assistências na Ligue 1 ajudaram o Mónaco a conquistar o primeiro título de campeão nacional depois de 17 anos.

 

Avançado Direito: Ousmane Dembele

Dembelé tem skills mais que suficientes para bater qualquer adversário em duelos de um-para-um, parece um jogador controlado por um comando de Playstation. Aos 20 anos, o avançado francês do Borussia Dortmund teve estatísticas impressionantes durante esta época, 9 golos e 21 assistências (7 das quais foram para o Aubameyang) e nenhum outro jogador passou por mais adversários do que ele.

 

Avançado Centro: Timo Werner

Com 21 golos e 7 assistências, o jogador do RB Leipzig foi o melhor avançado alemão da Bundesliga. Werner é um exemplo de como os jovens jogadores alemães se beneficiam por jogarem regularmente, aos 21 anos já conta com 126 aparições como sénior na Bundesliga e tem melhorado a cada jogo. Em 2013 foi eleito o melhor jovem jogador alemão na categoria sub 17 e em 2015 ficou com a segunda posição na categoria sub 19.

 

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *