Progresso do Sambizanga punido por apresentar testes de Covid-19 não credíveis

Progresso do Sambizanga punido por apresentar testes de Covid-19 não credíveis

- EmDestaque, Futebol, Girabola
0

O Progresso do Sambizanga foi punido com uma falta de comparência na partida que devia realizar para a Jornada 12 do Girabola contra a Caála, no Huambo.

O caso data do dia 15 de Dezembro, dia em que o jogo não se realizou porque os testes de Covid-19 apresentados pela equipa do Sambila não eram credíveis, ou seja, eram falsos, por apresentarem um carimbo scaneado a preto e branco e terem sido passados a manuscrito. O Progresso alegou que solicitou para que a partida fosse realizada no dia seguinte pelas 9 horas, enquanto que, a Caála defendeu que a partida havia sido cancelada no dia anterior em virtude da não apresentação de testes credíveis por parte do Progresso e por o mesmo ter mostrado indisponibilidade financeira para pagar 150.000 kwanzas referentes ao pagamento dos mesmos testes. Sendo assim, a partida ficou sem ser realizada e os Caalenses ainda alegaram que por via dos factos, não havia condições para a realização da partida no dia seguinte as 9 horas como defende a formação de Luanda.

Depois de ter ouvido as partes, a Federação Angolana de Futebol atribuiu a vitória ao Recreativo da Caála por falta de comparência, sancionou o Progresso com uma multa no valor de 25.000 UFC e orientou que fossem extraídas peças dos presentes autos para que remetidas ao Serviço de Investigação Criminal e formalizada respectiva queixa-crime.

O Recreativo da Caála terminou a primeira volta na 8ª posição, com 19 pontos, enquanto que o Progresso é o penúltimo na tabela com 6 pontos.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.