Manel Kape prevê um massacre caso seja chamado de última hora para a luta pelo título no UFC 256

Manel Kape prevê um massacre caso seja chamado de última hora para a luta pelo título no UFC 256

- EmDestaque, UFC
0

Manel Kape foi nomeado o lutador reserva para a luta pelo título entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno, que terá lugar nesta madrugada no UFC APEX em Las Vegas.

Isto quer dizer que caso Figueiredo ou Moreno não esteja dentro do peso permitido, será desclassificado e Manel Kape assumirá automaticamente o seu lugar. A pesagem aconteceu ontem, a balança marcou 56,5 Kg para Manel Kape. Figueiredo e Moreno também bateram o peso e parece estar tudo encaminhado para a luta acontecer mesmo.

Em outros tempos, isto seria motivo mais que suficiente para o lutador reserva ir para casa sem hipóteses nenhuma de entrar para o octógono. Mas, num ano caótico como este em que temos visto muitas reviravoltas, “Prodígio” deverá manter a esperança de ter uma oportunidade de estrear-se na maior liga de MMA do mundo nesta madrugada, até o último minuto.

O atleta luso-angolano tinha a sua estreia agendada para o dia 19 de Dezembro no UFC APEX em Las Vegas, contra o veterano Alexandre Pantoja. No entanto, a luta foi retirada do UFC Vegas 17 porque o atleta brasileiro voltou a testar positivo para a COVID-19, três semanas após ser diagnosticado. Em princípio, a luta deverá passar para Fevereiro.

Numa entrevista exclusiva ao site MMA Fighting publicada ontem, Kape juntou-se a Mike Heck para falar sobre como se tornou o lutador reserva depois de Alexandre Pantoja ter sido forçado a retirar-se do seu combate programado para o dia 19 de Dezembro. Ele afirmou que está confiante que criaria “um massacre do caraças” se acabasse por receber a chamada de última hora para competir contra Figueiredo ou Moreno.

Acompanhe a entrevista aqui:

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.