Kristaps Porzingis, dos Mavericks, acusado de estupro

Kristaps Porzingis, dos Mavericks, acusado de estupro

Parece ser uma história saída de um filme, mas eis uma situação um pouco inusitada: Dallas Mavericks e os New York Knicks já sabiam que Kristaps Porzingis está como arguido numa alegação de estupro, quando ele foi trocado na última Deadline da NBA.

E segundo ainda o jornalista Adrian Wojnarowski, até o escritório da NBA também já sabia desse caso chocante.

O incidente de estupro, de acordo com o jornal New York Post, aconteceu no dia 07 de Fevereiro de 2018 horas depois de Kristaps ter sofrido uma lesão no ACL. A vítima foi convidada pelo jogador a ir até a sua casa, no Sky Building em Manhattan, e disse que manteve-se calada durante esse todo tempo porque o jogador prometeu dar a ela 68.000 dólares, para pagar a faculdade do seu irmão. Segundo um inspector-chefe da polícia de New York, o relato da mulher “é credível”.

De ressaltar que desde que foi trocado para os Mavericks, Porzingis ainda não fez nenhum jogo visto que está a tentar recuperar-se da mesma lesão.

O dono da equipa de Dallas, Mark Cuban, disse que “todo pessoal da equipa foi aconselhado a não falar sobre esse assunto, instruindo pelos agentes federais”, em um email enviado ao jornal de New York.

O advogado de Porzingis divulgou uma declaração na noite de ontem, e negou as alegações. Ele também disse que já havia encaminhado o caso para as autoridades federais em dezembro de 2018.

Estamos cientes da queixa que foi feita contra o Sr. Porzingis na sexta-feira e negamos inequivocamente as alegações, ” disse Roland G. Riopelle.  “Fizemos um encaminhamento formal para a aplicação da lei federal em 20 de dezembro de 2018, com base nas demandas extorsão do acusador. Também alertamos a Associação Nacional de Basquete(NBA) meses atrás e eles estão cientes da investigação em curso do acusador pela aplicação da lei federal. Não podemos comentar mais sobre uma investigação federal em andamento. Por favor, consulte quaisquer perguntas para o Federal Bureau de investigação(FBI) ou a Associação Nacional de Basquete(NBA).

Porzingis foi enviado para a equipa de Dallas com Courtney Lee e Tim Hardaway Jr. em troca de duas picks futuras do Draft, além de Dennis Smith Jr, DeAndre Jordan, e Wesley Matthews. Essa notícia é muito mal para Cuban e a sua franquia, que já foi investigados por má conduta do local de trabalho no género, especificamente sobre o assédio e hostilidade para com as mulheres.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *