Fórmula 1 em 10 pontos: Pierre Gasly vence em Monza de forma surpreendente

Fórmula 1 em 10 pontos: Pierre Gasly vence em Monza de forma surpreendente

- EmAutomobilismo, Formula 1
0
Foto: Luca Bruno / POOL / AFP

Corrida emocionante e muito bem disputada até a última curva, além de conquistar a primeira vitória na Fórmula 1 da sua carreira, Pierre Gasly voltou a meter a bandeira francesa no lugar mais alto do pódio depois de 26 anos, desde Olivier Panis em 1996. Um Grande Prémio que entrou na história por marcar a última corrida da tradicional família Williams na Fórmula 1 em geral e na Williams Racing em particular, depois de ter sido vendida aos norte-americanos da Dorilton Capital.

Por outro lado, a Ferrari deve ter dado graças à Deus por este GP ter se realizado à portas fechadas, pelo menos não precisam enfrentar os Tiffosi, em casa, depois de mais um GP decepcionante.

Veja como foi a corrida em 10 pontos chaves:

1. Volta 1: Sainz, Norris e Perez arrancam muito bem, atacando logo Bottas que cai para o 6º lugar. Top 10 fica constituído por Hamilton, Sainz, Norris, Perez, Ricciardo, Bottas, Stroll, Verstappen, Ocon e Gasly.

2. Volta 6: Depois de não conseguir travar o seu carro no final da recta enquanto estava em luta com Russell para a 17ª posição, Vettel informa sobre um problema nos travões e abandona a corrida. Albon recebe uma penalização de 5 segundos resultado de um incidente que teve no início da corrida com Gasly. Top 10: Hamilton, Sainz, Norris, Perez, Ricciardo, Bottas, Verstappen, Stroll, Ocon e Gasly.

3. Volta 17: Hamilton distancia-se de Sainz e este consegue abrir vantagem do resto do pelotão que ése mantém compacto e é liderado por Norris. Bottas em luta directa com Verstappen, numa altura em que LeClerc é o primeiro a parar nas boxes. Top 10: Hamilton, Sainz, Norris, Perez, Ricciardo, Bottas, Verstappen, Stroll, Ocon e Gasly.

4. Volta 20: Magnussem pára na parabólica e provoca a entrada do Safety Car. Hamilton e Giovinnazi entram nas boxes, supostamente quando elas estavam fechadas, e todos os outros não entraram. Investigação é aberta para apurar os factos e saber como irá prosseguir.

5. Volta 24: Safety Car entra e Sainz tem um arranque brutal, não demora a atacar para a 7ª posição, enquanto LeClerc ataca as duas Alfa Romeus ao mesmo tempo para a 4ª posição, acabando por provocar um grande acidente na parabólica ao perder a traseira da sua Ferrari, e fazer com que o Safety Car volte para a pista. A organização decide dar uma bandeira vermelha e a corrida é interrompida, no mesmo instante, Giovinazzi recebe uma penalização de paragem de 10 segundos. Minutos depois, Hamilton recebe a mesma punição.

6. Volta 27: A corrida retoma com um arranque parado. Hamilton na liderança, tem duas voltas para fazer a sua paragem de 10 segundos. Gasly com um bom arranque, ataca logo Stroll que perde posição e começa uma luta agressiva com Sainz. Enquanto isso, Hamilton decide fazer a sua paragem logo no final da primeira volta e aparece em último lugar (17º). Top 10: Gasly, Raikkonen, Giovinazzi, Sainz, Stroll, Norris, Bottas, Ricciardo, Ocon, Kvyat.

7. Volta 31: Giovinazzi entra para cumprir a sua penalização, enquanto Verstappen entra para abandonar a corrida. Top 10: Gasly, Raikkonen, Sainz, Stroll, Norris, Bottas, Ricciardo, Ocon, Kvyat e Perez.

8. Volta 34: Sainz assume a segunda posição com uma ultrapassagem muito bem feita sobre Kimi, e vai agora à caça de Gasly na liderança. Nas duas voltas seguintes foram as vezes de Stroll e Norris ultrapassarem o finlandês. Sainz vai ao ataque de Gasly com 3.7 segundos a separar os dois carros. Top 10: Gasly, Sainz, Stroll, Norris, Raikkonen, Bottas, Ricciardo, Ocon, Kvyat e Perez.

9. Volta 48: Gasly continua na liderança e a ser perseguido por Sainz. Norris recupera de forma fantástica e tenta estar na zona de DRS antes do final da corrida. Hamilton consegue recuperar algumas posições e está agora em 10º , em perseguição à Perez. Top 10: Gasly, Sainz, Stroll, Norris, Bottas, Ricciardo, Ocon, Kvyar, Perez, Hamilton.

10. Volta 53: Gasly mostra sangue frio e consegue resistir à pressão de Sainz, fazendo com que conquiste uma vitória inédita, com um pódio inédito, em uma corrida excelente e cheia de emoção à todos os níveis. Classificação final:

Meu piloto do dia: Pierre Gasly

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.