Fórmula 1 pode regressar à África em 2023

Fórmula 1 pode regressar à África em 2023

- EmDestaque, Formula 1
0

A Fórmula 1 está a trabalhar no sentido de incluir a África do Sul de volta ao calendário de corridas já a partir de 2023.

O Presidente e CEO da F1, Stefano Domenicali, voou directamente de Baku para a África do Sul após o Grande Prémio do Azerbaijão, no último domingo, para conversações com os intervenientes locais, embora qualquer acordo formal esteja provavelmente ainda longe de acontecer.

A corrida seria realizada no circuito de Kyalami Grand Prix, situada a norte de Joanesburgo, um circuito que não é novo para a organização, uma vez que realizou 21 dos 23 GPs em África de 1967 a 1993.

Esta seria uma óptima notícia para Lewis Hamilton que recentemente afirmou que “O lugar que sinto ser mais importante ao meu coração para mim conseguir uma corrida é a África do Sul. Há muitos fãs lá, e seria óptimo poder exaltar o quão bonita é a Pátria Mãe”.

No entanto, é necessário muito trabalho para melhorar o circuito para cumprir com o estatuto de Grau 1 da FIA, exigido para acolher uma prova de F1. O circuito foi redesenhado em 2014, mas ainda requer melhorias, incluindo áreas de escoamento extra e barreiras TecPro, que não são baratas. Embora a F1 esteja a fazer um forcing para incluir no calendário de 2023, realisticamente estima-se que só voltará em 2024, caso haja acordo.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.