Angola participa pela primeira vez no Campeonato Africano de MMA 2022

Angola participa pela primeira vez no Campeonato Africano de MMA 2022

- EmMMA
0

Pela primeira vez a Federação Angola de MMA irá participar em um campeonato de MMA organizado pela Federação Internacional de Artes Marciais Mistas (FIAMM), O torneio irá decorrer na cidade de Joanesburgo, África do Sul, de 28 à 30 de Abril. A FIAMM, o único órgão global de MMA reconhecido pela WADA, retornará à África do Sul para a quarta edição do seu Campeonato da África e seu primeiro torneio no continente desde 2019. Das nações participantes teremos Angola, República Democrática do Congo, Maurícias, Namíbia, Nigéria, África do Sul, Tunísia, Zâmbia e Zimbabué. Esta será a primeira participação de Angola num evento da FIAMM desde que foi aprovada como nação membro em março de 2021.

O grupo de trabalho de Angola é composta por 14 atletas duas das quais são mulheres, a equipa Angolana é liderada pelo seu Team Leader Armando Diogo, pelos treinadores Rui Monteiro, Edson Fonseca, Francisco Vasconcelos, Filde Timóteo e Jair Yoba.

Veja a lista dos atletas convocados:
Andreza António – F feminino: Peso palha 52,2 kg (115 lbs)
Moneza Neves – F feminino: Peso galo 61,2 kg (135 lbs)
Adalberto Ntyamba – M masculino: Peso galo 61,2 kg (135 lbs)
Maurio Silva – M masculino: Peso galo 61,2 kg (135 lbs) lbs)
Divaldo Vicente – Masculino M: Pena 65,8 kg (145 lbs)
Elizandro Sousa – Masculino M: Pena 65,8 kg (145 lbs)
Luan Tomas Shaka – Masculino M: Leve 70,3 kg (155 lbs)
Osvaldo Benedito – Masculino M: Meio Médio 77,1 kg (170 lbs)
Ivandro Francisco – Masculino M: Meio-médio 77,1 kg (170 lbs)
Elísio Zua – Masculino M: Médio 83,9 kg (185 lbs)
Garcia Kinkela – Masculino M: Médio 83,9 kg (185 lbs)
Enoque Emílio Kakesa – Masculino M: Meio-pesado 93 kg (205 lbs)
Stanislau Kakesse Wezy – Masculino M: Meio Pesado 93 kg (205 lbs)
Julião Pimenta – Masculino M: Pesado 120,2 kg (265 lbs)

Para dar início a competição 10 lutas aconteceram no dia de abertura do Campeonato Africano de MMA 2022, A primeira luta no peso galo começou o com o angolano Maurio Silva abrindo o dia para a competição. Silva fez uma clínica de grappling, ditando a luta com suas quedas. No meio do segundo round, o atleta Maurício Djadoo exagerou com um chute que falhou, expondo as costas. Silva aproveitou instantaneamente, finalizando a luta com um mata-leão. O angolano Ivandro Francisco contribuiu para o sucesso no final do dia, finalizando Kelvin Chishimba com menos de vinte segundos restantes na segunda rodada.

A divisão peso-mosca feminina abriu as actuações. Atletas sul-africanas dominaram para torná-la uma final da África do Sul. Na abertura da semifinal, Bianca Stander superou a impressionante habilidade do judo da angolana Esperança Pereira para finalizar com um mata-leão no minuto final do segundo round.
O sul-africano Nioclaas Vermaak aumentou a emoção logo a seguir, finalizando o angolano Elizandro Sousa com um soco giratório. Colegas angolanos colidem por um lugar na final do peso galo Maurio Silva e Adalberto Ntyamba deram um grande espetáculo para os adeptos, com o Silva a conseguir a vitória.

De referir que 6 atletas angolanos conseguiram alcançar a final da competição, são eles Elísio Zua, Moneza Neves, Maurio Silva, Osvaldo Benedito, Stanislau Kakesse e Julião Sandambi. Recentemente foi oficializado que Angola conta com o primeiro árbitro internacionalmente reconhecido, trata-se do instrutor Edson Fonseca.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.