Pró Desporto

Hamilton obtem em Austin de forma serena e controlada, sua 50ª vitória na F1

A corrida começou
com um grande arranque das Mercedes, mas melhor ainda de Ricciardo que
conseguiu a segunda posição de Rosberg. Max Verstappen perdeu uma posição com
Kimi Raikkonen a continuar a mostrar a sua boa forma dos últimos tempos,
deixando Vettel que tinha pneus SuperSofts em sexto lugar a batalhar de forma
agressiva com Verstappen que defendia a quinta posição. As McLarens ganharam
boas posições no arranque, com Alonso a sair da 12ª posição para 9ª posição,
enquanto que o grande vencedor na primeira volta foi Button que saiu da 19ª
posição e estava na 11ª posição. 
Ricciardo e
Raikkonen com as SuperSofts foram os primeiros a entrar nas boxes, e saíram
ambos por trás de Alonso que continuava em 9º lugar. Verstappen como já nos
habituou, fez uma ultrapassagem briliante à Jenson Button depois de sair das
boxes, e mais tarde a próxima vítima foi Raikkonen. No entanto na volta 28ª,
Verstappen comprometeu sua corrida ao entrar nas boxes sem ter sido chamado, o
que apanhou a sua equipa desprevenida e teve um atraso na troca de pneus, e
duas voltas mais tarde, o mesmo teve um problema com o motor que o retirou da
corrida e originou um Safety Car virtual, processo este que ajudou Rosberg a
mudar os pneus e manter a segunda posição, penalizando de certa forma
Ricciardo.

Com o Safety Car
virtual os maiores beneficiados foram Rosberg, Sainz e Massa.

A 16 voltas do
fim Ferrari mais uma vez teve um problema interno ao não ter apertado corretamente
a roda traseira direita de Raikkonen, o que obrigou-o a retirar-se da corrida.

Com a corrida
praticamente definida para os 4 primeiros lugares, nas últimas 10 voltas a luta
passou para a decisão para o quinto lugar com Sainz, Massa e Alonso. Alonso
esse que recuperou de 4 segundos, teve uma luta com Massa com uma ultrapassagem
que originou um contacto e será investigado depois da corrida, e depois na penúltima
volta lutou e ultrapassou Sainz de forma assertiva, colocando a sua McLaren em
5º lugar para a sua satisfação, e mostrando mais uma vez o tipo de piloto que
ele é.

A corrida foi
ganha por Hamilton (sua 50º vitória), seguido de Rosberg e Ricciardo no pódio.

Hamilton que
mostrou mais uma vez ser o “King of Austin” (Rei de Austin), ao ter vencido 4
das 5 corridas que se realizaram na pista de Austin, diminuiu a sua diferença
pontual com Rosberg para 26 pontos. Ricciardo mais uma vez carismático como é,
fez com que o actor americano Gerard Buttler bebesse champagne da sua bota
durante a cerimónia do pódio.

Dentro de uma
semana Mexico acolherá a competição, e o campeonato continua completamente
aberto até ao final.

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *