Novo carro de Fórmula 1 foi ontem apresentado em Silverstone

Novo carro de Fórmula 1 foi ontem apresentado em Silverstone

- EmAutomobilismo, Destaque, Formula 1
0
Foto: Formula1.com 

A Fórmula 1 fará o reset em 2022 com os novos regulamentos concebidos para apimentar a acção e produzir corridas ainda mais espectaculares na pista. E ontem, antecedendo o Grande Prémio Britânico deste fim-de-semana, tivemos o primeiro vislumbre de sempre daquilo que será o carro de 2022, no seu tamanho normal.

O carro foi revelado num lançamento online, mas existe também um modelo em tamanho real da nova máquina em Silverstone, e os pilotos da actual grelha também tiveram o seu primeiro olhar sobre o tipo de carro que irão conduzir na próxima época.

Com pneus maiores e aerodinâmica em escala para facilitar as corridas mais próximas e com o objectivo de tornar o desporto mais competitivo, os carros de 2022 representam o que o lendário designer da Red Bull, Adrian Newey, descreveu como a maior mudança de regras técnicas na F1 em 40 anos.

Foto: Formula1.com

Os carros apresentam asas dianteiras e traseiras maiores e simplificadas, para além do retorno do ground-effect floor – um conceito introduzido pela primeira vez nos anos 70 antes de ser proibido – para canalizar o ar sob o carro de forma mais eficiente.

O conceito de 2022 também apresenta, pela primeira vez, deflectores das rodas dianteiras, enquanto os pneus terão um perfil mais baixo e uma dimensão aumentada para 18 polegadas, para maiores benefícios em termos de ar e controlo de calor.

Os automóveis de 2022 manterão os motores V6 híbridos-turbo existentes, mas os bio-componentes no combustível aumentarão para 10% (actualmente 5,75%). As unidades de potência da Fórmula 1 estão preparadas para a sua própria revisão substancial a partir de 2025, altura em que procurará liderar em tecnologia sustentável para o futuro e reduzir os custos.

Foto: Formula1.com

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.