Warrios vs Rockets: 3 coisas que deves saber sobre essa série

Warrios vs Rockets: 3 coisas que deves saber sobre essa série

- EmBasquetebol, NBA
0
@J.FrSebastião

Eis o confronto que todo mundo esperava!!!

A eliminatória entre os Golden State Warriors e os Houston Rockets, a contar para as meias-finais dos Playoffs da Conferência Oeste, será sem sombra de dúvidas uma das melhores séries desses temporada. As duas equipas, para muitos analistas bem como o público geral, são consideradas as duas equipas com mais chances de ganharem o campeonato nessa época, sem esquecer que apresentam grandes estrelas nos seus plantéis.

Essa meia-final é reprise da final da Conferência Oeste, na temporada passada, onde os Warriors estavam a frente por 3-2 até Chris Paul abandonar a eliminatória devido a uma lesão. Os Warriors ganharam os dois últimos jogos e foram as Finals, onde ganharam e foram bicampeões.

Bem, eu pensei que nós tivemos uma grande oportunidade no ano passado, então eu não sei… vamos ver, ” disse Mike D’Antoni, Treinador dos Rockets no mês passado, via Athletic. Eu estou confiante, como estava quando tínhamos 11-14, que vamos dar-lhes uma corrida. … Agora eles podem nos derrotar. Eles são a melhor equipe. Eles são os campeões agora mesmo. Eles provaram isso, e eles não têm nada a provar.  ”

MAIS: Celtics vs Bucks: 3 coisas que deves saber sobre essa série

Mas uma vez, como é habitual em todas as meias-finais desses Playoffs, a equipa ProDesporto trás três coisas importantes a ter em conta nessa série.

A participação de Clint Capela

Clint Capela pode ser uma peça fundamental nessa série, favorecendo os Rockets.

O jovem “Center” é muito forte nos ressaltos podendo garantir mais pontos para a sua equipa. Sem esquecer que também é um bom eixo no sistema defensivo da equipa, protegendo o perímetro em torno do aro. Na atual temporada Capela teve médias de 1,5 bloqueios por jogo.

Olhando para a lista de plantel dos Warriors, podemos ver que a equipa não tem nenhum jogador, na mesma posição de Capela, que pode revalida-lo. Mas para talvez contrariar esse póstumo tático, eles podem mandar  Draymond Green nessa posição, visto que os bicampeões tem jogadores que podem mudar rapidamente de posição causando um pouco de embaraço aos adversários.

Talvez somente o 5 inicial da equipa dos Warriors pode atormentar Capela, visto que no banco não oferece soluções viáveis.

Mas, se mesmo com as prováveis alterações de Steve Kerr, Capela encontrar espaço então isso pode trazer dor de cabeça aos Warriors.

MAIS: 76ers vs Raptors: 3 coisas que deves saber sobre essa série

Os Rockets descansaram mais tempo

Os Rockets cuidaram  facilmente dos Utah Jazz em 5 jogos, na primeira ronda desses Playoffs. Do outro lado, os Warriors foram surpreendidos pelos Los Angeles Clippers, que conseguiram levar a eliminatória até ao Jogo 06.

Isso significa que a equipa de Houston teve tempo extra para descansar, recuperar e se preparar para enfrentar os atuais campeões, visto que eles gastaram mais energia do que eles estavam acostumados a ter na primeira ronda dos últimos Playoffs.

Apesar de terem um plantel mais talentoso que os Rockets,  o cansaço pode ser um mal inesperado nos jogadores comandados por Steve Kerr e dificultar a vida deles nessa eliminatória.

Mudança no plantel dos Rockets

Apesar da continuidade de James Harden, Chris Paul e Clint Capela, a ficha de jogadores dos Rockets mudou muito desde que encontraram os Warriors na final da temporada passada.

Na equipa de Houston chegaram novos jogadores, como o “Guard” Austin Rivers, Danuel House Jr., bem como Kenneth Faried desde a última temporada. Para enfrentar os Warriors, a equipa definitivamente vai precisar desses jogadores, além de PJ Tucker e Eric Gordon, dando mais profundidade e contributo no sistema ofensivo e defensivo da equipa, isto é se quiserem ganhar essa série.

Do outro lado da quadra, os Warriors têm múltiplas estrelas dinâmicas, jogadores esses que podem definir o rumo de um jogo, tornando muito difícil os Rockets igualar. Mas a equipa de Houston tem a  versatilidade dos seus jogadores para retardar o sistema ofensivo do seu adversário.

Que vença o melhor.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *