Tribunal Arbitral do Desporto anula decisão do Comité Executivo da CAF

Tribunal Arbitral do Desporto anula decisão do Comité Executivo da CAF

- EmCAF, Futebol
0

O Tribunal Arbitral do Desporto (CAS) revogou ontem a decisão do Comité Executivo da Confederação Africana de Futebol (CAF) de repetir o jogo da segunda mão da final da Liga dos Campeões entre o Espérance de Tunis e o Wydad Casablanca.

No mês passado, a CAF ordenou que o jogo da segunda mão fosse disputado em um local neutro, logo após o Campeonato Africano das Nações, depois de os marroquinos do Wydad abandonarem o campo passado uma hora de jogo em Tunis, por conta de uma avaria no VAR que impediu com que o golo de empate não pudesse ser revisto.

Os tunisinos do Espérance, acabaram por vencer o jogo por 2 a 1 devido a desistência do Wydad e chegou a levantar a taça, mas a CAF recuou na sua decisão afirmando que “as condições de jogo e segurança não foram cumpridas”. Posteriormente, ambos os clubes apresentaram recursos ao CAS.

Mas o CAS decidiu na quarta-feira que o Comité Executivo da CAF “não tinha jurisdição” para ordenar que o jogo fosse repetido e anulou tal decisão. O CAS disse também que agora cabia às “autoridades competentes da CAF”, sem dar mais detalhes, “ordenar as sanções disciplinares apropriadas, se existirem, e consequentemente decidir se a segunda parte deve ou não ser repetida”.

Os pedidos do Wydad para ser coroado campeão e receber o cheque de pagamento do vencedor foram rejeitados pelo CAS, enquanto que o apelo do Espérance será analisado em uma data posterior.

Esta situação levou a CAF a reduzir as finais da Liga dos Campeões e da Taça das Confederações de duas mãos para um jogo apenas, em um local neutro, a partir da próxima época.

Assim sendo, o Espérance de Tunis mantém-se como o campeão da Total Champions League 2018/19.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.