Saiba como foi o primeiro Mundial de basquetebol de Angola

Saiba como foi o primeiro Mundial de basquetebol de Angola

- EmBasquetebol, Mundial
0
@J.FrSebastião
Selecção nacional nos Jogos Olímpicos de 1992, contra os Estados Unidos

11 anos depois de Angola tornar-se independente, a selecção nacional de basquetebol sénior masculina estreava-se num Mundial da modalidade, o Espanha 86, torneio que decorreu em seis cidades espanholas.

Com um plantel maioritariamente formado por jogadores que tinham conquistado o bicampeonato africano de juniores, no início da década de 80, Angola recebeu da FIBA, organismo que tutela a modalidade no globo, o wildcard (convite) para estar presente na 10ª edição do Campeonato do Mundo de Basquetebol. A nossa hegemonia em África começou muito cedo, em 1980 Angola conquistava o seu primeiro troféu continental de juniores masculinos, seguindo-se a conquista de 1981.

MAISConheça os 55 jogadores que Angola já levou ao Mundial de Basquetebol

As presenças consecutivas no pódio, despertaram o ‘olhar’ da FIBA que não hesitou em enviar um convite à direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), para que a mesma fizesse parte de uma das provas mais importantes do basquetebol, só perdendo para os Jogos Olímpicos. Comandada pelo técnico Victorino Cunha, a selecção nacional ficou no Grupo B ao lado das selecções da União Soviética, Israel, Austrália, Cuba e Uruguai, na cidade de Ferrol. Além da nossa selecção, a Costa do Marfim foi a outra representante africana na competição.

Apesar da inexperiência do combinado nacional, como era de se esperar, Angola conseguiu alcançar uma extraordinária e belíssima vitória diante da Austrália, por 74-69. No encerramento da fase de grupos, os pupilos de Victorino Cunha fizeram um grande jogo, apesar da derrota por apenas dois pontos de diferença, frente o Uruguai (81-83). As outras derrotas nesta edição foram diante da então União Soviética e Israel, com quem perdemos por 51-89 e 75-95, respectivamente.

MAISConheça o calendário dos Los Angeles Lakers para a próxima temporada

Nos 5 jogos que fez, Angola anotou 334 pontos, uma média de  66,8 pontos por jogo. Do outro lado, a selecção sofreu 417, tendo uma média de 83, 4 pontos consentidos por jogo.  Jean Jacques da Conceição, José Carlos Guimarães, Manuel de Sousa “Necas” e Aníbal Moreira acabaram por ser os melhores marcadores do “cinco” nacional, nesta ordem. Além dos já citados, os outros jogadores convocados para a primeira participação em campeonatos do mundo, foram Josué Campos, David Dias, Paulo Macedo, Artur Casimiro Barros, José Assis, Francisco Cungulo, Gustavo da Conceição e Adriano Baião. Angola ficou no 20° lugar, num universo de 24 nações.

Esta será a oitava participação de Angola em uma fase final do Campeonato do Mundo. Desde a sua estreia em 1986, a selecção nacional falhou apenas uma edição, em 1998, tornando-se numa presença habitual.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.