Petro de Luanda consegue vitória sofrida frente ao FAP e assegura passagem para os quartos de final da BAL

Petro de Luanda consegue vitória sofrida frente ao FAP e assegura passagem para os quartos de final da BAL

- EmBAL, Basquetebol, Destaque
0

Na segunda jornada da Basketball África League (BAL) esperava-se um desafio interessante para o Petro de Luanda. A FAP, equipe das Forças Armadas e Policiais dos Camarões era a equipe oponente e o que a tornava especial tem um nome e sobrenome bem conhecidos pelos amantes dos basquetebol em Angola: Lazaré Adingono. O Ex-treinador do Petro de Luanda tem um conhecimento acentuado sobre o basquetebol angolano e particularmente dos jogadores do Petro de Luanda, equipa que orientou nos últimos 8 anos.



Apesar de ter sofrido para vencer, os petrolíferos de Luanda apuraram-se para os quartos-de-final da competição, ao somar duas vitórias em igual número de jogos, faltando ainda uma jornada por jogar.

No primeiro quarto dava para perceber a estratégia da equipe dos Camarões, que pressionava bastante, obrigando a perdas de bola do Petro e saia no contra-ataque rápido, ainda que muitas vezes sem a eficácia desejada. Ainda assim, os camaroneses saíram em vantagem nesse primeiro quarto. Resultado no final do primeiro quarto: [FAP 21-20 Petro de Luanda]

No segundo quarto o treinador do Petro, José Neto, conseguiu montar melhor a defesa e causou dificuldades à equipe da FAP. Como as boas defesas dão confiança aos ataques, a eficiência dos lançamentos exteriores aumentou, chegando um ponto em que o Petro atingiu 45% da linha dos 3 pontos. O bom desempenho dos jogadores do Petro fez com que o resultado fosse desnivelado no 2º quarto, com um parcial de 11-22. Resultado no final do segundo quarto: [FAP 32-42 Petro de Luanda]

No terceiro quarto a equipe da FAP veio decidida a mudar o rumo do acontecimentos, conseguindo um parcial de 15-14, forçando o Petro a cometer vários erros no ataque. Resultado no final do primeiro quarto: [FAP 47-56 Petro de Luanda]

O último quarto foi dramático!  Lazare Adingono montou um esquema em que a pressão ao homem com a bola era mais forte e no ataque aproveitavam o seu poder atlético para finalizar as jogadas. O Petro conseguiu marcar apenas 10 pontos neste quarto.

Com oito segundos para o fim da partida e com Petro de Luanda a liderar por dois pontos, a FAP pressionou homem à homem, obrigando o Childe Dundão a perder a bola com 1,5 segundos no cronómetro. Após desconto de tempo, ficava a dúvida se a FAP tentaria empatar o jogo ou arriscar uma jogada de 3 pontos, mas não tivemos a oportunidade de saber qual seria a jogada, uma perda de bola da equipe camaronesa definiu o resultado final. Resultado no final do último quarto: [FAP 64-66 Petro de Luanda].

As perdas de bola foram o “calcanhar de Aquiles” do Petro de Luanda, terminando a partida com 27 perdas de bola. José Neto, técnico da equipe petrolífera concordou e disse que a defesa compensou estas dificuldades encontradas.

“Tivemos realmente muitos turnovers, foram 27. Além disso, foram 19 ressaltos ofensivos da equipa dos Camarões e mesmo assim conseguimos superar estas dificuldades porque tem algumas coisas que não aparecem na estatística e temos que valorizar a equipa, que são os aspectos defensivos. Essa equipa [FAP] fez mais de 80 pontos contra o Salé no primeiro jogo e ontem fez apenas 64 pontos. Isto mostra que se a gente não consegue ir muito bem ofensivamente, atrás, na defesa, a gente tem uma capacidade de parar o adversário. E mesmo assim, a gente também coloca em jogo, neste momento em que as coisas não aparecem muito nos números, que é a atitude. A atitude dos jogadores foi muito boa, buscando a vitória em todos os momentos, querendo superar as dificuldades que o jogo colocava, então são algumas coisas que acontecem e não aparecem nas estatísticas mas que fazem a equipa vencer e isto é mérito total dos jogadores”.

 

Destaques da partida

O base norte americano Antwan Scott esteve praticamente imparável, com 23 pontos, 2 ressaltos e 3 assistências, considerado MVP da partida, terminou com 75% de eficácia nos lançamentos de campo e impressionantes 57% na linha dos 3 pontos. Jone Pedro foi mais uma vez fundamental e conseguiu o segundo duplo-duplo neste torneio, com 13 pontos, 10 ressaltos e 83% de eficácia nos lançamentos de campo.

Próxima partida

O Petro de Luanda defronta a Association Sportive de Salé do Marrocos no próximo domingo, 23 de Maio, às 20h00 (hora de Angola) , enquanto o FAP vai medir forças com o Association Sportive de la Police do Mali.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.