Pró Desporto

Avizinham-se mudanças radicais nas competições africanas

A Copa Africana das Nações (CAN) poderá sofrer mudanças radicais depois das recomendações feitas hoje pelo Comité Executivo da CAF em Assembleia Geral, em Rabat (Marrocos).

A primeira alteração sugerida refere-se ao período da competição, que deverá passar de Janeiro-Fevereiro para Junho-Julho. Esta alteração irá beneficiar tanto os clubes europeus como os jogadores africanos, que muitas das vezes se vêem envolvidos em conflitos entre clubes e selecções por terem de abandonar a equipa numa fase crucial do campeonato.

Outra alteração sugerida é o aumento de 16 para 24 equipas, uma aposta no incremento das receitas de marketing e de tv. Uma das recomendações sugeridas para angariar receitas e atrair parceiros, era de que das 24 equipas do torneio, 20 ou 21 seriam equipas africanas e as restantes 3 ou 4 selecções seriam de outros continentes, na condição de convidadas.

Com estas alterações, será mais difícil encontrar um país anfitrião para as competições, uma vez que serão necessários no mínimo 6 estádios, em vez dos habituais 4. Isto para não falar na qualidade dos hotéis e da relva dos estádios, que têm sido alvo de duras críticas. Tendo em conta esta questão, foi também sugerida a possibilidade de o torneio ser realizado em países fora do continente africano como a China, Estados Unidos ou Catar.

As duas competições anuais de clubes (Liga dos Campeões Africana e Taça das Confederações Africana) também sofrerão alterações, elas deverão passar a realizar-se entre Agosto e Maio do ano seguinte, em vez de ser durante o ano civil. A fase de grupos deve terminar em Dezembro para que a final seja jogada em Maio.

Um novo formato para a Liga dos Campeões foi sugerido, o torneio passará a ter 32 equipas na fase de grupos em vez de 16, e desta forma poder optimizar as receitas desta competição.

O Comité Executivo da CAF irá reunir-se outra vez amanhã em Rabat, Marrocos, para formalizar estas recomendações.

A grande pergunta é: Como será que a FAF irá reagir a estas mudanças, já que há muito que se fala numa mudança no calendário do Girabola?

 

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *