11 ideal do CAN do Século XXI

11 ideal do CAN do Século XXI

- EmCAN, Destaque, Futebol
0

A maior competição continental arrancou no último domingo, dia 9 de Janeiro, às 17h00, com os Camarões a receberem e baterem o Burkina Faso por 1-0, em Yaoundé.

11 torneios foram disputados desde 2000 até agora, totalizando 7 vencedores diferentes e muitas estrelas brilharam nos mais diversos palcos. A equipa da Pró Desporto decidiu fazer um 11 com os melhores jogadores do CAN, desde 2000 até agora, foram definidos critérios tanto colectivos como individuais para a escolha dos jogadores. São eles:

1. Inclusão no 11 ideal do torneio (2000 a 2019);
1.1. Foram considerados apenas os jogadores com mais de uma inclusão no 11 ideal;
1.2. Excepções são os jogadores com apenas uma inclusão no 11 ideal do torneio mas que também foram nomeados o melhor jogador da competição;

2. Pontos foram atribuidos a cada métrica, sendo que as métricas individuais receberam um peso maior em relação às métricas colectivas
2.1. 5 pontos – Inclusão no 11 ideal
2.2. 4 pontos – Prémios individuais (Jogador do Torneio ou Melhor Marcador)
2.3. 3 pontos – Medalha de Ouro
2.4. 2 pontos – Medalha de Prata
2.5. 1 ponto – Medalha de Bronze

Seguindo esta métrica, ficamos com o seguinte 11:

 

Veja abaixo como é que chegamos à este 11:

Do filtro realizado, 3 jogadores angolanos aparecem na lista:

  • Manucho Gonçalves com 9 pontos, depois de entrar no 11 do torneio em 2008 e ser o melhor marcador do CAN de 2012;
  • Flávio Amado, com 5 pontos por estar no 11 do torneio em 2010;
  • José Pedro Alberto, mais conhecido por Mabiná, que também fez parte do 11 ideal do CAN 2010.

E vocês, o que mudariam nesse 11?

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.