Srdjan Vasiljevic deixa o comando da selecção nacional de futebol

Srdjan Vasiljevic deixa o comando da selecção nacional de futebol

- EmDestaque, Futebol
0

A Federação Angolana de Futebol (FAF) anunciou ontem em comunicado de imprensa que rescindiu, de forma amigável, o contrato com o selecionador nacional Srdjan Vasiljevic.

Segundo o comunicado supracitado, o acordo sucedeu à necessidade de salvaguardar as aspirações de ambas as partes.

O Jornal de Angola avança que Vasiljevic sentia que já não havia clima para continuar a orientar a equipa, uma vez que a FAF não honra os compromissos, após a assinatura do contrato de trabalho, a 9 de Dezembro de 2017.

Atrasos salariais e o não pagamento do prémio de qualificação do CAN do Egipto para alguns membros da equipa técnica, fizeram com que o técnico recusasse orientar a selecção, na eliminatória de apuramento para o CHAN 2020, diante do eSwatini (ex-Suazilândia), em que Angola acabou por perder aos penaltis. A FAF não honrou o compromisso com 13 integrantes da equipa técnica liderada por Srdjan Vasiljevic, sendo oito treinadores, dois fisioterapeutas, um médico e dois seccionistas.

Dos 500 mil dólares atribuídos pela Confederação Africana de Futebol (CAF), o órgão reitor do futebol angolano pagou aos atletas o valor de qualicação em kwanzas, o que criou um mal estar no seio dos atletas.

Sob orientação do sérvio, os Palancas Negras realizaram 10 jogos oficiais, onde obtiveram 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. Vasiljevic cumpriu o primeiro objectivo dos dois assumidos (apuramento para o CAN do Egipto), o outro passa pela qualificação ao CHAN.

Pedro Gonçalves, seleccionador nacional sub-17, será o seleccionador principal nos dois jogos contra a Gâmbia, referentes à pré-eliminatória de acesso à fase de grupos de apuramento ao Mundial de 2022.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.