Seleção de Fisiculturismo Angolana em destaque no Arnold Classic Africa Do Sul

Seleção de Fisiculturismo Angolana em destaque no Arnold Classic Africa Do Sul

- EmDiversos
0
Seleção Angolana de culturismo

Em destaque no continente africano desde 2016, o Arnold Sports Festival tem recebido cada vez mais a presença de vários atletas angolanos na modalidade de fisiculturismo. E este ano não fugiu à regra, com a criação de uma nova organização de fisiculturismo em Angola (ANGFBB), afilhada à maior organização mundial de culturismo/Fitness IFBB. Já deu cartas de que será uma grande mais valia para este desporto que é visto por muitos com outros olhos.

A organização (ANGFBB) foi criada com o intuito de dar maior visibilidade aos amantes e atletas de musculação, não só em solo nacional mas também a nível internacional. E claramente os resultados falam por si, no seu primeiro ano de existência, Angola foi destaque pela primeira vez no evento nas mais variadas categorias da musculação.

Com mais de 10 atletas e todos eles em posição de destaque, os resultados e a participação é vista não só como satisfatória mas também com grandes perspectivas para um futuro próximo, visto que não tivemos nem metade dos atletas angolanos na competição.

E já no primeiro dia os atletas angolanos mostraram o real potencial e do quão duro tinham trabalhado para aquele festival.

atletas da categoria Wellness

Com os 3 primeiros lugares representados por Angola, na categoria Wellness tivemos um domínio total. A atleta Elaine Ranzato sagrou-se campeã da categoria, Ariana Batalha ocupou o segundo lugar e o ultimo lugar do pódio ficou com Márcia Rossana.

Categoria Wellness Pro

E sem sombras de dúvidas este será um vento inesquecível para Elaine Ranzato que levou o segundo lugar da categoria Wellness Pro, a outra grande atleta angolana, Sina, ficou com o terceiro lugar da categoria.

Categoria Men’s Physique até 1,70cm

O Men’s Physique é uma categoria com enorme potencial em Angola e ficou demonstrado com a vitória de Edy Sexy que ficou com a primeira posição da categoria até 170cm e conseguiu o tão almejado Pro Card. Roberto Phill foi quinto e Gerson Silva o sexto classificado da categoria.

Categoria Bodybuilding

A categoria mãe foi a que maior destaque deu para Angola. O atleta Marcão foi campeão da categoria Bodybuilding Pro e o segundo lugar do overall, Pérola também foi campeão, mas da categoria mais de 85kg e ficou com o segundo lugar no overall. Yuri Valentim foi campeão da categoria mais de 95kg, Hilário ficou com o segundo lugar da categoria mais de 75kg, o veterano Pitchú conquistou o segundo lugar da categoria mais de 85kg e Nuno Loth alcançou o terceiro lugar da sua categoria.

Claramente é um desporto que deve sim começar a ser visto de forma mais séria e com os devidos apoios e patrocínios. Angola vem dando cartadas muito boas a nível internacional e tem sido bem representada pelos mais variados atletas.

A seleção angolana chega amanhã às 20h da África do Sul e é esperada uma grande festa não só dos amantes do desporto como da família dos diversos atletas.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *