F1 em 10 pontos: Lewis Hamilton vence de forma dramática em Silverstone

F1 em 10 pontos: Lewis Hamilton vence de forma dramática em Silverstone

- EmAutomobilismo, Formula 1
0
Lewis Hamilton com o pneu furado na última volta da corrida

O GP do Reino Unido começou com uma notícia que deixou desiludido todos os amantes da modalidade: Nico Hulkenberg estava fora da corrida devido a problemas na unidade de potência. Este foi provavelmente o final de semana mais estranho da carreira de Hulk, depois de ter sido chamado de urgência para substituir Sergio Pérez, que testou positivo para o Covid-19.

Já com Hulkenberg de fora, Lewis Hamilton voltou a dominar a corrida de uma ponta à outra, mas desta vez com muito drama no final. Nas últimas cinco voltas, Valtteri Bottas teve um pneu furado, Kimi Raikkonen perdeu a asa dianteira, Carlos Sainz teve um pneu furado e na última volta, Lewis Hamilton também teve um pneu furado, cortando a meta com o carro a arrastar-se e Max Verstappen à espreita.

Veja quais foram os 10 pontos com mais destaques desta corrida:

1. Volta 1: Arranque fantástico e limpo de todos no top 10. LeClerc passa Verstappen, mas Verstappen responde de imediato e recupera a posição, com Norris e Sainz na luta logo a seguir e Ricciardo no mix.

2. Volta 2: Incidente entre Albon e Magnussen, tira Magnussen da corrida e manda para a pista o primeiro Safety Car.

3. Volta 13: Grande acidente de Kvyat, provocando uma romaria para as boxes para mudanças de pneus, no entanto Romain Grosjean não entrou durante o Safety Car 2. Top 10: Hamilton, Bottas, Verstapen, LeClerc, Grosjean, Sainz, Ricciardo, Norris, Stroll, Vettel.

4. Volta 19: Recomeça a corrida. Norris em grande luta com Ricciardo e consegue roubar a 7ª posição ao australiano, enquanto Albon leva 5 segundos de penalização pelo incidente com Magnussen. Top 10: Hamilton, Bottas, Verstappen, LeClerc, Grosjean, Sainz, Norris, Ricciardo, Stroll, Ocon.

5. Volta 37: Depois de uma defesa agressiva contra a ultrapassagem de Ricciardo, Grosjean entra finalmente para as boxes para mudança de pneus, enquanto Vettel tenta a ultrapassagem a Gasly, mas o francês responde e mantém a 10ª posição.

6. Volta 42: Ambas as Mercedes começaram a reclamar dos seus pneus frontais, criando vibrações, numa altura em que Verstappen faz a volta mais rápida da corrida. Top 10: Hamilton, Bottas, Verstappen, LeClerc, Sainz, Norris, Ricciardo Stroll, Ocon, Gasly.

7. Volta 48: Depois de perseguir Stroll durante várias voltas, Ocon consegue finalmente passar o piloto canadense e ficar com a 8ª posição.

8. Volta 50: Gasly passa por Stroll e fica com a 9ª posição enquanto o pneu dianteiro esquerdo da Mercedes de Bottas sofre um furo e perde a segunda posição para Max Verstappen. Albon passa por Vettel para a 12ª posição.

9. Volta 51: Bottas entra para as boxes para mudar de pneus e sai na 12ª posição, enquanto Albon salta para a 9ª posição.

10. Volta 52: Sainz também sofre um furo no pneu e perde a 5ª posição, no meio da última volta, foi a vez de Hamilton furar o pneu mas conseguiu arrastar o carro à tangente para a vitória, com Verstappen a tentar alcançá-lo à toda a velocidade. Charles LeClerc alcançou o seu segundo pódio da época com a Ferrari e Dani Ricciardo igualou o seu melhor resultado com a Renault.

Classificação final:

Meu piloto do dia: Lewis Hamilton

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.