Pró Desporto

Super Liga Chinesa proíbe clubes de contratar guarda-redes estrangeiros

A Premier League e a La Liga são consideradas as melhores ligas de futebol do mundo, são as ligas onde todo o jogador de futebol gostaria de jogar. Elas, por si só, atraem os melhores jogadores do mundo, basta olhar para os campos de futebol todas as semanas: Ronaldo, Messi, Ibrahimovic, Bale, Suarez, Hazard, Aguero, entre outros. Estes jogadores foram atraídos para estas ligas devido a competitividade, alta exigência, história dos clubes e claro, o salário.
Graças ao enorme poder económico chinês, uma série de jogadores de alto perfil têm abandonado o futebol europeu para jogar na China, em um novo ambiente e com salários ridiculamente altos. O poder de compra das equipas chinesas não tem limites, eles estão preparados para oferecer o triplo do salário que qualquer um destes jogadores teria jogando na Premier League ou na La Liga.
Desde Hulk (ex-avançado do Zenit St. Petersburgo, agora no Shangai SIPG), Papiss Cissé (ex-atacante do Newcastle, agora no Shandong Luneng), Demba Ba (ex-avançado do Chelsea, agora no Shangai Shenua), Paulinho (ex-médio do Tottenham, agora no Guangzhou Evergrande), Ramires (ex-médio do Chelsea, agora no Jiangsu Suning) e mais recentemente Óscar, o médio criativo brasileiro de 25 anos que trocou o Chelsea pelo Shangai SIPG, muitas jovens estrelas do futebol europeu têm se transferido para a liga que mais cresce no mundo.
Ainda assim, as equipas podem ficar descansadas quanto aos seus guarda-redes, é a única posição que eles não precisam temer, pelo menos para os Chineses, tudo porque é proibido equipas da Super Liga Chinesa contratarem guarda-redes estrangeiros.
A proibição é baseada numa questão muito sensível e bem pensada pela federação de futebol daquele país: Guarda-redes chineses precisam de jogar regularmente para poderem desenvolver as suas habilidades e tornarem-se grandes jogadores e não ficarem sentados no banco a observar jogadores como David de Gea, Gianluigi Buffon, Manuel Neuer, entre outros.
Em termos de jogadores de campo é diferente, jogar ao lado de talentos europeus de classe mundial irá ajudá-los muito a desenvolver as suas habilidades, mas para que os seus guarda-redes desenvolvam é necessário manter as posições livres para os seus próprios jovens goleiros.
Esta regra foi introduzida em 2001 e tem sido um sucesso no desenvolvimento dos seus jogadores, principalmente os guarda-redes.

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *