Pró Desporto

Super Liga Chinesa altera regras para jogadores estrangeiros

A nova temporada da Super Liga Chinesa terá início em Março e há uma grande expectativa em todo o país para verem em acção as novas aquisições, jogadores como Oscar, Carlos Tevez ou Axel Witsel. Entretanto, a Federação Chinesa está preocupada com o desenvolvimento de jovens jogadores locais e decidiu agir de imediato ao anunciar um corte na quantidade de jogadores estrangeiros.

Todas as equipas da liga devem ter no máximo 5 jogadores estrangeiros na lista de convocados para cada jogo e apenas 3 podem estar em campo ao mesmo tempo. Por outro lado, cada equipa deve ter pelo menos 2 jogadores sub-23 entre os convocados e 1 deles deve fazer parte do 11 inicial.

Estas regras estavam previstas para 2018 mas dada a quantidade de compras que as equipas têm realizado nos últimos dois meses a Federação Chinesa decidiu antecipar. Já se sabe que não é permitido a contratação de guarda-redes estrangeiros.

Os clubes da Super Liga Chinesa gastaram valores avultados para esta época, o Shanghai SIPG lidera a lista de clubes que mais gastou com a contratação do brasileiro Oscar por €70,5M. O clube tem também André Villas-Boas e Hulk na sua folha de salários. Enquanto isso, o seu rival Shanghai Shenhua tornou Carlos Tevez no jogador mais bem pago do mundo, o argentino irá receber €40M/ano, quase o dobro daquilo que Cristiano Ronaldo e Messi recebem nos seus respectivos clubes.

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *