Pró Desporto

O fim de um sonho!

A aeronave da companhia aérea LaMia, que transportava a equipa brasileira Chapecoense, caiu perto da cidade de Medellín (Colômbia), depois de uma tentativa de pouso de emergência. 

De entre 9 tripulantes e 72 passageiros, apenas cinco sobreviveram à tragédia, dentre eles três jogadores (Alan Ruschel, Danilo e Jackson Follman), um jornalista (Rafael Henzel) e uma assistente de bordo (Jimena Suárez). Havia um sexto sobrevivente, mas este não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer à caminho do hospital.
O guarda-redes brasileiro Marcelo Boeck, ex-jogador do Sporting CP e do Marítimo. Boeck foi um dos seis jogadores que não foram convocados pelo treinador Caio Júnior para a deslocação à Colômbia.
O Chapecoense disputava a Série A Brasileira e deslocava-se para a Colômbia para jogar a final da Copa Sul-americana nesta quarta-feira contra o Atlético Nacional. A primeira grande final da história do clube, um sonho que fica por se realizar.
Fonte: infoesporte

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *