Pró Desporto

NBA prepara-se para abrir centro de treinamento no Senegal

A NBA e o projecto SEED, uma organização sem fins lucrativos baseada em Thies, no Senegal, usando o basquetebol como uma plataforma para envolver os jovens em programas acadêmicos, atléticos e de liderança, anunciaram o lançamento do NBA Academy Africa, um centro de treinamento de basquete na cidade de Thies (Senegal) para os melhores talentos em África.
Crédito: NBA Africa
NBA Academy Africa, a primeira do gênero no continente e o sexto centro de treinamento de elite da NBA a nível mundial, está programada para abrir no último trimestre de 2017.

Como serão seleccionados os integrantes?
A NBA vai realizar programas de pesquisa com federações locais em toda a África para identificar o primeiro grupo de 12 jogadores de elite que receberão bolsas de estudo e treinamento na NBA Academy Africa.

A criação da NBA Academy Africa marca um marco significativo na evolução da NBA no continente africano e o foco no desenvolvimento de jogadores de elite, mostrando o nosso compromisso com a excelência do basquetebol“, disse o vice-presidente da NBA e diretor-geral para África, Amadou Gallo Fall. 

Estas academias empregarão uma abordagem holística, de 360 ​​graus, para o desenvolvimento de jogadores que se estendam para além da quadra, concentrando-se na educação, liderança, desenvolvimento de carácter e habilidades para a vida. A iniciativa baseia-se no programa de formação de talentos da NBA,  que inclui os projectos NBA Jr. e NBA 3X, que envolveu mais de 12 milhões de jovens globalmente durante a temporada 2015/16.
Cada centro de treinamento de elite será equipado com materiais de última geração e contará com treinadores formados pela NBA para promover o desenvolvimento dos jovens jogadores dentro e fora da quadra, durante e após suas carreiras de basquete. Cada centro terá equipes Sub-16 e Sub-18 que competirão durante todo o ano. Os melhores alunos de cada centro terão a oportunidade de ser selecionados para equipes que irão jogar em torneios internacionais e jogos de exibição.
Está aí um projecto que merece a atenção da Federação Angolana de Basquetebol.

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *