Pró Desporto

Lomachenko humilha Jason Sosa e retém o título dos pesos leves

Quem acompanha regularmente o Pró Desporto, deve ter visto uma matéria sobre Vasyl Lomachenko. Parece que Jason Sosa não teve o prazer de analisar cada detalhe escrito naquele artigo e prometeu dominar Lomachenko.

No dia 8, Sábado, o lutador Ucraniano chegou confiante ao palco da luta, a arena MGM National Harbor, onde defenderia o seu título mundial dos Peso Leves Júnior (categoria para atletas com peso entre 57 e 59 kg). Do outro lado, Jason Sosa parecia estar pronto para defrontar um dos mais temidos pugilistas da actualidade.

Como foi o combate?

Lomachenko (8-1, 6 KOs) dominou o primeiro round – mostrando que era muito mais rápido que o seu oponente. Podia-se sentir o entusiasmo da multidão, com centenas de Ucranianos (e não só) a cantar “Loma-chenko!  Loma-chenko!

Jason Sosa (20-2-4, 15 KOs) tentou atacar, mas muitos de seus socos não chegavam a atingir o opositor, devido ao impressionante trabalho de pés de Lomachenko . O
pugilista Ucraniano teve um grande segundo round, especialmente nos momentos finais, acertando vários golpes no “indefeso” Sosa, pugilista de 29 anos, de Camden, New Jersey.

O 3º Round trouxe mais do mesmo, ataque veloz de Lomachenko e tentativas desesperadas de Sosa para contrapor os ataques.

Ataques Lomachenko Sosa
Sucesso 275 68
Tentados 696 286
Percentagem 40% 24%

 

Pulamos para o 5º round, Sosa parecia cansado, Lomachenko atingiu o adversário de todos os ângulos. Sosa tinha zero respostas!

Lomachenko, de 29 anos, duas vezes medalhista olímpico considerado por muitos o melhor amador de todos os tempos, deu emoção ao público no início do sexto round, quando desferiu vários socos no corpo e fez uma pequena dança de matador, ironizando o facto de o pugilista Norte Americano não conseguir atingi-lo. Lomachenko estava tinha controle total, todos conseguiam ver.

O árbitro Kenny Chevalier advertiu  Sosa por causa de um golpe baixo no 7º round, mas Lomachenko reagiu bem. No 8º round, Lomachenko atacou de um modo impressionante, com vários socos sem resposta, o árbitro pensou em parar o combate, mas deixou seguir.

O 9º round veio trazer mais sofrimento para Jason Sosa, obrigando a equipe a atirar à toalha ao tapete para impedir que a luta continuasse. TKO, vitória justa do pugilista Ucraniano que agora convoca todos outros campeões dos pesos leves, para que possa unificar os títulos.

Será que mais alguém cometerá o erro de subestimar o prodígio Ucraniano?

Veja os melhores momentos do combate:

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *