Pró Desporto

Formula 1 em menos de 10 pontos: Hamilton restabelece respeito, caso havia dúvidas!

 

Voltou a não assistir a Formula 1? Foi muito cedo e acabou por não acordar em tempo de ver a corrida? Entrou nos grupos do WhatsApp e nenhum dos seus amigos sabe lhe dizer o que se passou? Bem, agora já sabe que a prodesporto.com estará sempre aqui pra lhe dar a nossa rubrica de “Formula 1 em menos de 10 pontos“, pra lhe dar munições pra entrar agora de volta nos seus grupos de WhatsApp e ir debater como se tivesse vivido a prova no limite. E não precisa nos agradecer…. 🙂

  1. Arranque correu conforme planeado (com pista húmida e maior parte dos pilotos com pneus intermédios) com os 3 primeiros a manterem posições, e Ricciardo a ultrapassar Kimi para o 4o lugar.
  2. Lance Stroll teve um acidente que provocou o “Safety Car” virtual, e nesse momento na segunda volta, já não havia dúvidas sobre os 2 pilotos que melhor arranque tiveram: “Mad Max” (Verstappen) de 16o para 7o, e Alonso de 13o para 8o.
  3. Vettel arrisca e entra durante o “Virtual Safety” car e quando sai, o rookie da Sauber, Giovavinazzi tem um acidente na entrada da meta, o que origina um Safety car, que praticamente dá uma paragem livre a Hamilton sem perder a posição.
  4. Antes do arranque após o Safety Car, Bottas faz um erro incomum e ao aquecer os seus pneus por trás do Safety Car, despista e perde a terceira posição, juntando-se na 12a.
  5. Cria-se um mini-trem de duas Red Bulls lideradas por Ricciardo, e duas Ferraris lideradas por Kimi, todos muitos próximos dos outros enquanto Lewis abre uma vantagem decente na liderança.
  6. Verstappen força a sua passagem no seu colega de equipa de forma brilhante e vai atrás de Hamilton, enquanto que Vettel fica preso por trás do seu colega de equipa, e quando finalmente consegue-se libertar, libertou também o demônio que estava contido nele, ultrapassando Ricciardo de forma estupenda e com bravura por fora na curva 6 e em poucas voltas conseguiu provocar um erro à Verstappen, e ultrapassou para assegurar a segunda posição.
  7. Voltam novamente a entrar para os pneus Supersofts, e muito pouco muda em termos de posições. Fernando Alonso mantem a sua McLaren surpreendentemente na sétima posição até ter uma avaria e ser forçado a abandonar. Volta a dizer na entrevista que foi uma das melhores corridas da sua vida em termos de desempenho, mandando claramente um sinal às equipas de topo que estará disponível no final da época e que continua super motivado…
  8. Vettel tenta puxar Hamilton reduzindo 2s em 2 voltas, mas com 7.7s de diferença, Hamilton responde e Vettel entende que Hamilton não deixaria essa vitória tão fácil, e de certa forma aceita a segunda posição. 
  9. Ricciardo puxa Verstappen até ao fim com menos de 0.5s a separar os dois, mas Mad Max consegue defender-se do seu colega de equipa e termina na terceira posição, tendo partido da 16a posição, com Hamilton e Vettel em 1o e 2o respectivamente. Verstappen é votado o piloto do dia.
  10. O pódio parecia mais uma vez um verdadeiro pódio de Formula 1, com os pilotos todos alegres com o seu desempenho e as lutas que tiveram em pista. O campeonato promete caso tivermos mais corridas como essa. De fora por ordem da sua desistência ficaram: Stroll, Giovanazzi, Vandoorne, Kvyat e Alonso.

 

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *