Pró Desporto

[Especial] Final da UEFA Champions League – Parte 1

O jogo mais esperado do ano, da década, se calhar até mesmo do século… O dia: 19 de Maio de “2012” (Vi alguma coisa relacionada aos Maias,  no NatGeo que envolvia esse famoso dia 19. Feliz ou infelizmente me esqueci dos detalhes. Falemos do que importa agora: futebol!) Os jogadores: Messi VS CR7. Os treinadores: Guardiola VS Mourinho. As equipas: Barcelona VS Real Madrid. As duas melhores equipas da actualidade com dois planteis de lucho, treinadores de gabarito universal, a competição mais respeitada do futebol europeu e até mesmo mundial. Para os que estavam a divagar, acordem: Simplesmente NÃO ACONTECERÁ… Porquê??? Nada mais, nada menos que Bayern de Munique VS Chelsea FC essa sim será a final da Liga dos Campeões Europeus (foi um choque para o mundo do futebol, mas está na hora de analisarmos em detalhes esses dois clubes gladiadores)                clip_image002                            clip_image004 Para justificar que 2012 é mesmo um ano diferente de todos outros nada melhor que uma final totalmente inesperada. Dum lado e já com uma certa, vantagem o Bayern de Munique um lendário do Futebol europeu fundado em 1900 com 4 títulos da mais prestigiada competição europeia, “claro que falo da Liga dos campeões europeus”, terá a grande oportunidade de jogar em casa nada mais nada menos do que a ALLIANZ ARENA DE MUNIQUE um estádio imponente com uma arquitectura moderna. Por este motivo o Bayern é o favorito desta final também pelo facto de jogar um futebol de poucos toques muito rápido e bastante esclarecido e por contar com um plantel recheado de jogadores internacionais pelas suas seleções e várias individualidades do mais alto nível do futebol mundial. Passo a descrever:
Manuel Neuer, Guarda-Redes, chegou esta temporada transferido do Schalke 04 e sem dúvida um guarda redes desse nível faltava ao Bayern, uma das surpresas do Mundial realizado na África do Sul em 2010. Com um físico em perfeitas condições, reflexos surpreendentes por sua culpa não será fácil ao Chelsea celebrar golos na final. ________________________________________________________________________________ Fim da primeira parte. Texto elaborado por para o www.desporto.ultracognitivo.com

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *