Pró Desporto

Arrancou hoje o Australian Open

Arrancou hoje em Melbourne o famoso torneio de Ténis “Australian Open“, os principais jogadores tanto da ATP como da WTA irão disputar pelo  primeiro Grand Slam da época. A pesar de ambos terem perdido a primeira posição do ranking, Novak Djokovic e Serena Williams são os favoritos à conquista do Australian Open. Mas além deles, existem outros nomes que irão discutir pelo título, olhemos para os principais candidatos:

No torneio masculino, Novak Djokovic, o actual número 2 do mundo, detém 6 títulos em Melbourne, 4 dos quais foram conquistados frente a Murray. É o actual campeão, vai a procura do seu sétimo título no torneio australiano e pretende também recuperar o posto de número 1 do mundo.  Depois de em 2016 ter vencido o Australian Open e o Roland Garros, o sérvio teve uma má performance na segunda metade do ano, foi eliminado muito cedo em Wimbledon e nos Jogos Olímpicos Rio 2016, perdeu a final do US Open para Stan Wawrinka, cedendo assim o seu lugar no topo para Murray. Recuperar a primeira posição do ranking da ATP é o seu principal objectivo e para isso tem que começar por vencer o Australian Open. É considerado por muitos como o alvo a abater.

Além do sérvio, deve-se dar especial atenção a Andy MurrayStan WawrinkaMilos Raonic.

Andy Murray é o actual número 1 do ranking e claramente o segundo grande favorito à conquista do troféu. Depois de em 2016 perder o Australian Open e o Roland Garros para Djokovic, Murray contratou outra vez Ivan Lendl como seu treinador e dominou a segunda metade do ano conquistando a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Grand Slam de Wimbledon e o ATP World Tour Finals. Contudo, o escocês começou o ano com exibições muito irregulares, tanto no torneio de exibição de Abu Dhabi como em Doha. Veremos como se sairá no primeiro teste de fogo.

Stan Wawrinka é outro jogador que teve uma época muito consistente em 2016, é actualmente o número 4 do ranking da ATP. O suiço venceu o seu terceiro Grand Slam ao bater Novak Djokovic na final do US Open, o que quer dizer que lhe falta apenas o título de Wimbledon para completar o pacote de Grand Slams. Enquanto Wimbledon não chega, Wawrinka tentará repetir a proeza de 2014 e vencer o título em Melbourne.

Milos Raonic é um jogador a ter em conta em Melbourne Park, é o terceiro no ranking da ATP. O canadiano teve no ano passado a sua época mais consistente de sempre, chegou à semi-final do Australian Open onde perdeu com Andy Murray num jogo de 5 sets, e chegou à sua primeira final de um Grand Slam em Wimbledon onde perdeu outra vez com Murray, depois de ter eliminado Roger Federer na meia-final. É tido como uma das esperanças para evitar novamente uma final entre Murray e Djokovic.

No torneio feminino, Serena Williams está anciosa para o início da época, quer esquecer a fraca prestação que teve em 2016 e recuperar o trono da WTA. A norte-americana de 35 anos disputou apenas 8 torneios no ano passado, muito abaixo do seu habitual, ganhou apenas dois títulos e foi surpreendentemente eliminada na semi-final do US Open pela checa Karolina Pliskova. Isto resultou na perca da primeira posição do ranking, que a pertencia desde Fevereiro de 2013 (186 semanas consecutivas), para Angelique Kerber, mas ela tem agora a chance de recuperar a posição, dependendo de como será o desempenho das duas na competição. Se as duas encontrarem-se na Final, Kerber continuará como a número 1, independentemente do resultado do jogo. Mas se Kerber não chegar à Final, Williams terá de vencer o torneio para reconquistar o lugar no topo do ranking.

A luta pelo primeiro lugar do ranking será a grande atracção do torneio feminino.

Além de Serena Williams, há que dar especial atenção a Angelique KerberAgnieszka RadwanskaKarolina Pliskova.

Angelique Kerber é a actual número 1 do ranking da WTA e detentora do título do Australian Open, é a outra grande favorita à conquista do torneio. A alemã foi claramente a tenista mais consistente do ano passado, ganhou dois Grand Slams (Australia Open e US Open) tendo com isso ultrapassado Serena Williams no topo do ranking. Pela primeira vez nesta posição, veremos como lidará com a pressão de ser a número 1 do mundo e campeã em título.

Agnieszka Radwanska é uma tenista que normalmente tem boas exibições em Melbourne Park, é a número 3 do ranking WTA. Apesar de ter sido muito consistente na época passada, não passou da semi-final do Australian Open onde perdeu de forma expressiva com Serena Williams. Nos outros três Grand Slams perdeu com Tsvetana Pironkova, Dominika Cibulkova e Ana Konjuh, ficou em 4º lugar nos três torneios.

Karolina Pliskova é sem dúvidas a tenista a ter em conta neste torneio, é a tenista com mais aces em 2016 e quando está em boa forma é uma adversária a se evitar. Mostrou isso no US Open 2016 ao eliminar as irmãs Williams até chegar a Final do Grand Slam em Nova Iorque, onde fez vida cara a Angelique Kerber mas acabou por perder o jogo por 2-1. Depois de não ter conseguido passar da terceira ronda nos três primeiros Grand Slams da época, a Final do US Open foi o seu resultado mais significativo, isto pode ser interpretado como um sinal de melhoria.

O torneio começou no dia 16 de Janeiro e irá até o dia 29. Quem irá conquistar o primeiro Grand Slam da época?

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *